O valente coello que quixo soñar, contacontos de Miguel Ángel Alonso Diz

OMiguel Ángel Alonso Diz O valente coello que quixo soñar sábado 12 de marzo, ás 12:30 horas, Miguel Ángel Alonso Diz contará a historia O valente coello que quixo soñar, publicada en Nova Galicia Edicións, con ilustracións de Luz Beloso. A entrada é gratuita até completar aforamento.

O valente coello que quixo soñar é unha fermosa metáfora sobre quen somos, quen podemos ser. Unha historia na que o valor, a fe nun mesmo, son os verdadeiros protagonistas, constituíndo un ensino de vida para @s nen@s de onte, de hoxe, de sempre. Profundo significado en sinxelas palabras. “O futuro é noso con só imaxinalo e camiñar”.

Apresentação do livro Antologia Atrevida e do II Concurso Internacional La Atrevida

A segunda-feira 22 de Julho, às 18:00 horas, apresenta-se o livro Antologia Atrevida, que reúne os trabalhos premiados do Concurso Internacional de Criação Literária para miúdos e miúdas -dos 8 aos 14 anos- da Lusofonia, e, portanto, também da Galiza, celebrado o ano passado, promovido por Livraria La Atrevida de Lisboa.

Lançamento de Nântia e a Cabrita d’Ouro, de Concha Rousia

Esta quarta-feira, 23 de Janeiro, às 19:30 horas, terá lugar o lançamento do romance juvenil Nântia e a Cabrita d’Ouro, de Concha Rousia, apresentado por Manuel Miragaia. O livro está publicado por Através Editora.

“Os olhos de Ébora furaram a névoa que a separava de Nântia, acabava de ver como a pequena dialogava com a parelha de pássaros; sem mover os lábios ela e as duas rolas se comunicaram. Ébora estava observando a cena com muita atenção; sim, aquele tinha sido um momento longamente aguardado pola sábia, mas afinal ali estava; era a confirmação de que Nântia estava pronta…”.
Será que Nântia, filha de Brigam, o ferreiro, conseguirá recuperar a Cabrita d´Ouro que a poderosa Cerne, a Rainha-Loba, arrebatou ao clã de Laroá? Parece uma missão impossível para uma jovem de apenas treze anos, mesmo que ela seja a escolhida; terá que atravessar as Terras Proibidas, cruzar o rio do esquecimento, adentrar-se na lagoa de Lim e enfrentar-se à temível Cobra-das-Sete-Cabeças. Mas para além disso, terá que superar as armadilhas da pérfida Cerne, que já submeteu todas as terras e clãs desde as chairas de Lim até os cúmios de Croubre, sem que guerreiro nenhum pudesse impedi-lo. Nântia, todavia, contará com a ajuda de Maro, o Cavalo Branco, de Paleug, o lobecão, e Briona, a Espada-que-Vive, e sobretudo, dos seus fiéis acompanhantes, Ila, sua prima, e Brath. Mas antes de tudo isto acontecer, Nântia ainda deverá superar as três provas que mostrarão que ela é a eleita.
A aventura de Nântia, dos seus amigos e inimigos, transporta-nos a um mundo antigo, mas próximo, e a um lugar que é o mesmo que habitamos hoje.”